A Corrida de Aventura é uma competição que pode ser disputada por equipes de dois a quatro participantes, podendo ser masculinas, femininas ou mistas solo.

A prova é montada em áreas com características diversas, tais como: montanhas, rios, regiões alagadiças, areia, mata etc. As equipes percorrem um percurso marcado num mapa topográfico, devendo passar por pontos de controle, onde podem executar tarefas, tais como: rapel, cabo aéreo, falsa baiana, ponte tibetana, travessias de curso d’água, atividades subaquáticas, atividades em cavernas etc.

 As equipes, além de possuir um bom preparo físico, uma boa endurance, conhecimentos de orientação, domínio das diversas técnicas exigidas para a execução das tarefas, devem possuir também, uma boa estratégia para realizar a prova, pois o objetivo é completá-la no menor tempo, tendo passado por todos os postos de controle e ter cumprido todas as tarefas.

As modalidades mais comuns exigidas numa corrida de aventura são a orientação, o trekking, a corrida, o mountain bike, a canoagem, a natação, as técnicas verticais.

As provas podem ser organizadas tendo sua duração variada, sendo que a maioria dura de um a dois dias. O tempo de duração de uma prova é regulado de acordo com os objetivos que a organização do evento quer atingir e o nível técnico das equipes.

 No que se refere à estratégia montada pelas equipes, cabe ressaltar que a escolha dos itinerários, ritmo de deslocamento, alimentação, hidratação, escolha dos equipamentos, distribuição e acondicionamento do material, são de fundamental importância para a obtenção de um bom resultado.

As corridas de aventura buscam conciliar grandes distâncias, com a dificuldade da navegação com mapa topográfico e bússola, com as adversidades do terreno e com as dificuldades na execução das tarefas. Podemos considerar que é um misto de maratona, com corrida de orientação e triatlon.

A corrida de aventura é um esporte que surge, proporcionando um amplo contato com a natureza, o desenvolvimento de uma consciência voltada para a preservação do meio ambiente e a possibilidade dos atletas estarem testando seus limites de uma forma saudável e segura.