11/09/2014 - Escalada, off road, slackline e muita aventura em Catas Altas/MG

 

20140909__dsc9356

No último fim de semana aconteceu o “I ENCONTRO DE ESCALADORES E MONTANHISTAS EM CATAS ALTAS/MG”, que foi realizado pela Secretária de Esporte e Lazer da cidade. É claro que o NEREA participou desse encontro que estava repleto de aventura.

Catas Altas, cidade que recebeu o evento, está situada ao pé da Serra do Caraça e apenas a 120 km de Belo Horizonte. Possui um extenso conjunto de montanhas que oferece diversos tipos de trilhas e escaladas, além de proporcionar aos turistas paisagens incríveis.

Levamos ao encontro, uma parede de escalada de seis metros de altura e mais três slacklines. Ambos ficaram bastante movimentados, propiciando a comunidade local a conhecer mais sobre essas duas modalidades, que sempre proporcionam muita interação com a natureza e diversão.

Além de muita aventura, o NEREA realizou uma ação social ao deixar blusas de uniformes para ser entregues às comunidades carentes de Catas Altas.

A prefeitura de Catas Altas e o Jipe Clube da cidade apoiaram a realização do encontro, que nos forneceu dois dias de esportes junto à natureza, além de propiciar a interação entre os escaladores e de fazer planos futuros de projetos ao ar livre.

Simultaneamente, ocorreu o “II ENCONTRO OFF ROAD DE CATAS ALTAS”, tendo trilhas de bike e caminhada ecológica pela belíssima região em que a cidade está localizada. O objetivo era reunir nesse fim de semana, amantes não só da escalada, mas de outros esportes radicais!

O II Encontro acontecerá em 2015 e já está sendo planejado. Aguardem! Vocês irão se surpreender!

20140908__dsc6773

31/01/2012 - Modalidades de Slackline

As principais modalidades são Longline, Highline, Waterline, Trickline e Yogaline.

Na Longline, as fitas são armadas com mais de 20 metros de comprimento, tornando o grau de dificuldade maior pois requer mais condicionamento físico e muito equilíbrio.

Highline é quando a fita é armada em uma altura superior a 5 metros, muitos utilizam em alturas extremas, como de uma montanha para outra, exigindo que a pessoa tenha uma noção de alpinismo, bem como kits de proteção.

Waterline é uma das melhores modalidades em minha opinião, ela é feita sobre a água, na piscina, mar, rio ou lagoa. Além de ser super refrescante você não precisa temer as quedas se tornando uma ótima modalidade para se treinar novos movimentos.

Yogaline, é uma modalidade que requer muita concentração, nada mais é do que passar os movimentos da Yoga para o Slack, coisa que não é nada fácil.

Trickline a fita chega por volta dos 60 metros, possibilitando muitas acrobacias, como; butt bounce (o praticante cai sentado na fita sem os pés no chão) e chest bounce (onde a pessoa cai de peito na fita sem tocar no solo).

No Brasil o esporte já é muito divulgado, principalmente no Rio de Janeiro e Belo Horizonte, aonde há vários campeonatos, talvez ainda falte uma visão da iniciativa publica e privada para patrocinar e incentivar o esporte. Afinal é um esporte que beneficia corpo e mente, além de ser indicado para homens, mulheres e crianças de todas as idades.

- Slackline porto Alegre

Porto Alegre é um município brasileiro e a capital do estado mais meridional do Brasil, o Rio Grande do Sul. Pertence à mesorregião metropolitana de Porto Alegre e à microrregião de Porto Alegre.  Com uma área de quase 500 km², possui uma geografia diversificada, com morros, baixadas e um grande lago, o Guaíba, distando 2027 quilômetros de Brasília, a capital nacional

o slackline vem se tornando comum nos parques de Porto alegre, uma nova mania dos gaúchos. Se você quer praticar pode  dar uma passada no parque Maria do Brasil, ele apresenta uma notável  variedade de árvores, sendo assim um espaço perfeito para prática do esporte. O primeiro encontro de slackline em porto alegre acontece nesta praça, com objetovo de difundir o Slackline como esporte e arte no Rio Grande do Sul.

Então pratique slackline em Porto Alegre. Já escolheu o parque ou a praça que irá praticar ?

30/01/2012 - Uma experiência com Slackline

Primeiros passos

Não resisti e fui conferir a nova moda do momento: o slackline. Estou afastada dos esportes de aventura há um bom tempo, e pensei que dar os primeiros passos na “corda bamba” seria uma boa maneira de reacender a adrenalina nas minhas veias. Levei o namorado para o desafio junto comigo, prometendo uma boa diversão para o sábado.

O local não podia ser mais inspirador: o Parque Vale Verde, em Betim. Neste mês de férias, o local está oferecendo a atividade para seus visitantes e nada melhor que uma equipe bem preparada para assumir a tarefa.

A paisagem é deslumbrante! E lá, com num lindo dia de sol, num gramado verdinho, entre volumosas palmeiras, encontrei o meu foco. Duas fitas alaranjadas esticadinhas à minha espera. Parecia fácil… Só parecia.

Em minha primeira tentativa, mal subi na fita! Como parar em pé em cima daquilo, gente?!? Precisei de um “apoio moral” do instrutor para conseguir subir de novo e tentar dar o primeiro passo. Com algumas boas dicas, tentei outras vezes. E fiquei nessa brincadeira por um tempinho… E o suor já estava descendo!

É impressionante como fiquei instigada a tentar, tentar e tentar até conseguir melhorar o equilíbrio e dar alguns passos. Neste meio tempo, chegaram crianças e seus pais que também toparam o desafio. Virou uma festa!
Lá fiquei por um bom tempo, até que já subia sozinha, me concentrava e conseguia dar mais alguns passos. Até que o corpo todo já pedia arrego! Você vai brincando, brincando e nem percebe o esforço físico que está fazendo. É muito bom!
E saí de lá já planejando comprar um equipamento e virar a mais nova adepta do slackline em BH.

Lílian Miranda é jornalista, aventureira “aposentada” e curiosa de plantão!

- Qual a melhor fita de slackline

A pergunta: Qual a melhor fita de slackline ? É uma pergunta que lidamos o tempo todo na loja, mas a resposta é: Depende do seu objetivo. 

Existem marcas propícias para trickline, highline, long line, então não existe uma fita melhor.  O que diferencia é a contrução da fita. Ou, seja o tipo  fio mais trama. Trama é a quantidade de vezes que os fios se cruzam por polegada na malha. Esses fios bem trabalhados podem oferecer um ótimo resultado para uma determinada modalidade. Muitas vezes, uma mesma marca cria uma fita para mais de uma modalidade do esporte.

Então me digam vocês, Qual a melhor fita de slackline para você ?

17/01/2012 - Qual tipo de Slackline te desafia?

Qual tipo de Slackline te desafia?

Você já leu aqui no blog da Nerea que o slackline é a nova moda entre os aventureiros de plantão. A modalidade mais praticada, o trickline, consiste basicamente em andar equilibrando-se sobre a fita, mas o esporte apresenta opções ainda mais radicais, com variações de distância, altura da fita e níveis de dificuldade.

Como adiantamos, a trickline é a modalidade mais conhecida do slackline. A fita é esticada uns 60 cm acima do chão, permitindo a realização de saltos e manobras, o que exige bastante preparo físico (e muito treino!).
Para aqueles que querem um desafio maior, a longline é a modalidade ideal. Realizada também perto do chão, mas com fitas mais longas, acima de 20 metros, exige maior concentração, mais técnica, além de mais força muscular e equilíbrio.
Se você não tem problema com a altura, outra técnica vai te conquistar: a highline. Praticada em alturas superiores a 5 metros, te leva a montanhas, partes mais altas das árvores, prédios, enfim, onde a adrenalina estiver. Além de sangue frio para controlar o medo e grande conhecimento técnico, a highline deve ser praticada com equipamentos de segurança para evitar a queda.

 


E, por fim, uma modalidade bem refrescante: a waterline, a prática do slackline sobre a água. Esticando a corda sobre piscinas, lagos, rios, cachoeiras, praias, cair é algo bem divertido! A queda na água permite, também, a realização de diversas manobras, sendo muito bom para o treino.

 

Adquira o equipamento especifico

13/01/2012 - Slackline seguro

O slackline te fisgou?  Está com vontade de começar a se equilibrar por aí? É muito importante prestar atenção às dicas de segurança para que a sua aventura seja plenamente divertida.

Você precisa comprar um kit de slackline alguma marca de confiança: uma fita de poliamida feita e testada especificamente para o esporte, uma catraca para tencionar a fita e fornecer elasticidade para andar sobre ela e cordas de segurança.  Comprou o seu kit na Nerea? Então, ótimo! Agora é só conhecer bem o material antes de esticar fita e começar o equilíbrio.

A montagem da fita tem que ser muito bem feita. É preciso ter conhecimento e experiência para armar o sistema e a segurança da forma certa. Se for a sua primeira vez, procure alguém que já pratica o esporte há mais tempo para se encarregar desta parte sendo que há vários modos de montar a sua fita, dependendo do seu equipamento, do seu conhecimento e da modalidade que vai praticar.

Antes de andar, sempre preste atenção na conservação da fita, em como foram dados os nós da amarração e qual a condição da catraca. Quanto mais você cuidar do seu equipamento, mais vida útil ele terá.

Os cordeletes e mosquetões também são recomendados para fazer beck ups que podem ser utilizados no caso de uma fita arrebentar, impedindo que a catraca atinja o slacker ou alguém que estiver por perto.

Colchão Boulder - Crash pad

Colchão Boulder - Crash pad

Para aliviar as quedas (que vão ser muitas!), colchões (os crash pads utilizados pelos escaladores na prática do boulder) podem ser muito bem utilizados. Para os slacklines feitos em maior altura (modalidade chamada de highline), sempre use cadeirinha de escalada e cordas de backups.

Não se descuide e terá uma longa caminhada no slackline!

 

11/01/2012 - 11 passos para começar a andar na slackline

1. Comece com a slackline montada em curto espaço, para que desta maneira o curto espaço entre os pontos de ancoragem possa possibilitar mais estabilidade.

2. Coloque um pe no meio da fita do slackline. Sugerimos que comece descalço para que você sinta a fita e consiga achar desta maneira o seu equilíbrio mais rápido

3. Você pode começar de qualquer ponto da fita, mas indicamos que comece do meio para que desta maneira se ocorrer uma queda você tenha menos chances de se machucar, pois voê cairá longe dos obstáculos .

4. Respire fundo para que desta maneira você relaxe e seu pé trema menos na fita.

5. Fixe o olhar em um ponto de preferência um pouco mais longe , algo próximo a ancoragem, pois isto ajudará você a se estabilizar na fita.

6. Centre seu peso no pé que está na fita, abra seus braços e tente se equilibrar se levantando na fita, para facilitar abra seus braços.

7. Utilize seus braços e suas pernas para que você possa se equilibrar melhor na fita.

8. Dobre um pouco sua perna para que desta maneira você consiga achar mais facilmente centro de gravidade.

9. Repita esses paços até que vecê consiga se equilibrar na fita por 15 segundos

10. Pratique este procedimento com o outro pé
11 Uma vez que você dê seu primeiro passo continue praticando para que você consiga atravessar a fita!

10/01/2012 - A febre do Slackline

Virou moda. E uma moda muito boa, que une diversão à prática de atividade física com muito desafio. Estamos falando do slackline, nova febre entre os aventureiros de plantão.  Basta esticar a fita flexível entre dois pontos fixos, a alguns centímetros do chão, e tentar atravessá-la.

Parece brincadeira, mas o slackline é um esporte que desenvolve, entre outras características, o equilíbrio, a coordenação motora, a concentração e algumas musculaturas do corpo. O início se deu em meados dos anos 80, nos campos de escalada do vale Yosemite, na Califórina (EUA). Para passar o tempo, os escaladores que acampavam durante semanas em busca de novas vias de escalada, aproveitavam os intervalos para esticar suas fitas de escalada e treinavam andar sobre elas. Com o tempo, a atividade se tornou um esporte, que hoje já se desdobrou em diversas modalidades, e apresentam manobras radicais desenvolvidas por seus praticantes.

Gostou da ideia? Então não perca tempo e comece a praticar já! A Loja Nerea possui mais de sete tipos de marcas nacionais e internacionais de slackline, para atender desde os iniciantes até mesmo os praticantes mais experientes. Patrocinadora de atletas que estão entre os melhores do Brasil, a Nerea  já se tornou uma referência do esporte em Minas Gerais.

Aproveite as promoções, como a do Kit Slackline 20 metros x 35mm – Alto Estilo e dê os primeiros passos. Não deixe os tombos do início te desanimarem! Com muito treino, logo, logo você será um exímio equilibrista!

 

- A febre do Slackline

Virou moda. E uma moda muito boa, que une diversão à prática de atividade física com muito desafio. Estamos falando do slackline, nova febre entre os aventureiros de plantão.  Basta esticar a fita flexível entre dois pontos fixos, a alguns centímetros do chão, e tentar atravessá-la.

Parece brincadeira, mas o slackline é um esporte que desenvolve, entre outras características, o equilíbrio, a coordenação motora, a concentração e algumas musculaturas do corpo. O início se deu em meados dos anos 80, nos campos de escalada do vale Yosemite, na Califórina (EUA). Para passar o tempo, os escaladores que acampavam durante semanas em busca de novas vias de escalada, aproveitavam os intervalos para esticar suas fitas de escalada e treinavam andar sobre elas. Com o tempo, a atividade se tornou um esporte, que hoje já se desdobrou em diversas modalidades, e apresentam manobras radicais desenvolvidas por seus praticantes.

Gostou da ideia? Então não perca tempo e comece a praticar já! A Loja Nerea possui mais de sete tipos de marcas nacionais e internacionais de slackline, para atender desde os iniciantes até mesmo os praticantes mais experientes. Patrocinadora de atletas que estão entre os melhores do Brasil, a Nerea  já se tornou uma referência do esporte em Minas Gerais.

Aproveite as promoções, como a do Kit Slackline 15 metros x 50mm – Alto Estilo e dê os primeiros passos. Não deixe os tombos do início te desanimarem! Com muito treino, logo, logo você será um exímio equilibrista!